ULTRARAM: tecnologia pode revolucionar seu PC

ULTRARAM: tecnologia pode revolucionar seu PC

ULTRARAM une RAM e SSD, uma memória revolucionária em uma única estrutura

Atualmente, os computadores trabalham com dois tipos principais de memórias: as do tipo flash, geralmente usadas nos SSDs; e a memória DRAM, popularmente chamada de RAM. Entretanto, um grupo de pesquisa criou a ULTRARAM, uma memória revolucionária que une a tecnologia flash e DRAM em uma única estrutura. Basicamente, ela permite que os dados sejam guardados e acessados rapidamente em um laptop ocioso daqui a 1.000 anos.

ULTRARAM – tecnologia

O anúncio da tecnologia ULTRARAM foi feito pela Quinas Technology durante a Flash Memory Summit. A companhia tem sua sede na Universidade de Lancaster, na Inglaterra, e é uma criação do professor Manus Hayne, do departamento de física da instituição.

Memória DRAM

A memória DRAM é um tipo de memória volátil que não armazena. Porém, acessa dados rapidamente para ajudar o processador a receber informações essenciais. Em contrapartida, esse componente precisa de muita energia para funcionar. E assim que você desliga o computador, a memória apaga todos os dados e começa a repetir o processo quando a aparelho é inicializado novamente.

Memória flash

Por outro lado, as memórias do tipo flash foram projetadas para armazenar grandes volumes de dados. São nessas estruturas que você guarda seus games, fotos, vídeo, softwares, etc. Todavia, o problema dessa memória é que ela é bem mais lenta e toda vez que o computador liga, o sistema precisa carregar todos esses dados e há aquela demora de alguns segundos até a máquina ser realmente utilizável. Com isso, também é fundamental ter uma boa conexão à internet.

Revolução

Portanto, a ULTRARAM simplesmente combina essas duas tecnologias em uma só para resolver o problema de uma vez por todas. Esse componente ainda é uma memória volátil de acesso rápido, mas também funciona como uma unidade de armazenamento. O melhor de tudo é que o consumo energético dessas estruturas consegue ser menor que a DRAM e a flash combinadas, de acordo com a Quinas Technology.

Armazenamento de dados por um milênio

O exemplo utilizado pela empresa diz que um usuário poderia colocar o notebook em modo ocioso e, daqui a 1.000 anos, continuar suas tarefas diretamente de onde parou. Claro, essa é apenas uma “brincadeira” feita pela Quinas, porém, sugere o potencial enorme da tecnologia.

Conceito

Por fim, vale destacar que a tecnologia poderosa, até o momento, é mais um conceito do que um produto. E ainda não se sabe quais são os custos para fabricação em massa nem como esse tipo de peça se integraria com dispositivos reais, como smartphones, notebooks e outros aparelhos que precisam consumir pouca energia.

*Foto: Reprodução/br.freepik.com/fotos-gratis/close-da-placa-de-circuito-com-diferentes-componentes_20282423

Outras postagens

Postagens relacionadas

Últimas postagens

Vitamina D rejuvenesce a pele: Entenda se é possível

Vitamina D rejuvenesce a pele, esta é uma pergunta que tem vindo muito à tona em se tratando do universo da beleza; mas o...

Amostras de Marte: NASA reduz gastos com missão

Na segunda-feira (15), a NASA informou como serão os próximos passos da campanha Mars Sample Return, iniciada em 2021. Agora, a campanha vai passar...

Conheça cultivar de uva própria para vinhos espumantes na Serra Gaúcha

Cultivar de uva própria resulta em uma boa produção A produção de vinhos é uma das atividades mais tradicionais na Região Sul do país. Entretanto,...