Tecnologia de ponta em cibersegurança: Empresa de Israel chega ao mercado brasileiro

Tecnologia de ponta em cibersegurança: Empresa de Israel chega ao mercado brasileiro

Tecnologia de ponta em cibersegurança vinda de Israel tem potencial de crescimento no setor brasileiro, assim como sua inserção no ambiente digital

O setor empresarial segue em grande crescimento no Brasil. Até agosto de 2023, foram contabilizadas 21,8 milhões de empresas ativas em todo o território nacional – dado do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços. Os negócios de tecnologia têm participação expressiva nesse cenário; no caso do mercado de tecnologia da informação, no primeiro trimestre de 2023, houve crescimento de 20%, acima das expectativas.

Tecnologia de ponta em cibersegurança

Para os fundadores da Cysfera, esse crescimento demonstrou uma oportunidade. A evolução do mercado e sua consequente digitalização pede por medidas de segurança cyber. A tecnologia de ponta em cibersegurança ainda demanda conscientização por parte dos tomadores de decisão de empresas, mas que vem ganhando, cada vez mais, espaço entre as pautas corporativas.

Por que conectar soluções israelenses ao mercado brasileiro

Além disso, à medida que os negócios entram no ambiente digital, surge uma necessidade de pensar na segurança de seus ativos. Portanto, abrir uma porta entre as tecnologias cibernéticas de ponta e o mercado nacional veio como uma proposta certeira e ainda pouco explorada no Brasil.

Objetivo

Segundo Guilherme Rabinovitsch, que é Co-fundador da Cysfera, conta que seu objetivo é “fornecer soluções de segurança cibernética de vanguarda, adaptadas às especificidades digitais do Brasil”. Ele é brasileiro, vive há oito anos em Israel e soma seu conhecimento sobre o mercado nacional à vivência no país e conhecimento das tecnologias do universo cyber.

Ao seu lado está Yuval Yacobi, Co-fundador da Cysfera, nascido em Israel. Ele atua há mais de 10 anos com cyber intelligence, prevenção de fraude e tecnologia de pagamentos. “Queremos fazer parte da transformação digital do Brasil, combinando a liderança tecnológica israelense aos objetivos das empresas brasileiras. Para nós, não se trata apenas de proteger plataformas, trata-se de construir parcerias duradouras e fazer parte da jornada empresarial do país”.

Os fundadores explicam que entender as dores das empresas brasileiras faz parte dos diferenciais do negócio, assim como trazer soluções que resolvem os problemas recorrentes. Há uma preocupação em oferecer um serviço personalizado, que vai de encontro ao momento e porte da empresa.

Além disso, devido à familiaridade com o mercado cyber, Guilherme e Yuval fazem uma curadoria dos serviços mais eficientes e inovadores disponíveis para entregar aos clientes, contando com parceiros como Wiz, Reblaze,Cyrebro, Hudson Rock, e outras referências no setor.

Importância de estar em dia com a cibersegurança

Por outro lado, as ameaças do ambiente digital seguem crescendo exponencialmente com os atores maliciosos aperfeiçoando suas técnicas para hackear e roubar informações sensíveis. É o que revela o relatório divulgado pela IBM, apontando para números como 71% de aumento ano após ano no volume de ataques usando credenciais válidas.

Além disso, é a primeira vez na história em que as contas válidas são os principais pontos de entrada no ambiente das vítimas. A pesquisa também demonstra que o roubo de dados é o principal golpe aplicado às organizações, com foco na obtenção de ganhos financeiros por parte dos criminosos.

Vazamento de dados

O custo médio de um vazamento de dados para uma empresa é de US$4,45 milhões, segundo levantamento da IBM. Além do custo financeiro, também é preciso lidar com o prejuízo que envolve a reputação da empresa. Não são raros os casos de grandes empresas acometidas por problemas como este que passam por crises de imagem; nomes como Uber, CapitalOne e Chat GPT estão entre os que ganharam notoriedade.

Preocupação com a segurança digital

Para Yuval, a preocupação com a segurança digital deve fazer parte da gestão de empresas de todos os portes: “Qualquer negócio, independentemente do tamanho, está sujeito a ter seus dados vazados, inclusive, o prejuízo pode ser irrecuperável para as empresas que não dispõe de um caixa flexível ou preparado para arcar com gastos tão altos”.

Por fim, Guilherme complementa compartilhando a preocupação da Cysfera em trazer soluções personalizadas para todos os negócios: “Além de ter serviços adaptados às empresas brasileiras, nos preocupamos também em trazer soluções para organizações de todos os portes. Para isso, nos disponibilizamos a prestar um atendimento próximo e entender como podemos trazer valor e assegurar os ativos daquele empresário, respeitando o momento do negócio”. 

Apesar de estar sediada em Israel, a Cysfera conta com presença local e com a participação de seus fundadores em eventos no Brasil. Os próximos da agenda são WebSummit Rio e VTEX DAY 2024.

*Foto: Reprodução/https://br.freepik.com/fotos-gratis/seguranca-de-codigo-binario-de-metal-de-chip-de-computador-abstrato-gerada-por-ia_41367450.htm#fromView=search&page=1&position=9&uuid=192e8fde-0d18-4907-87c6-7c8a4523a444

Outras postagens

Postagens relacionadas

Últimas postagens

Murillo Vianna retorna à gestora Angra Partners

O executivo, que já operou em casos de reestruturação, chega para fortalecer a área de venture capital da empresa No último mês, segundo informações apuradas...

Vinícola urbana de Florença se destaca por sua liderança feminina

Vinícola urbana de Florença é a primeira neste segmento na região; conheça mais sobre o empreendimento da cidade italiana Uma das cidades mais importantes da...

Renato Conill comenta as principais categorias do automobilismo

O ex-piloto gaúcho comenta as divisões do esporte e sua variedade de experiências para pilotos e fãs Segundo o estatuto da Confederação Brasileira de Automobilismo...