Mulheres na menopausa: Empreendedora mineira cria femtech

Mulheres na menopausa: Empreendedora mineira cria femtech

Femtechs que se concentram em produtos e serviços destinados às mulheres na menopausa representam um segmento promissor, tanto no Brasil quanto em nível global

Márcia Cunha, empreendedora mineira e CEO da primeira femtech do Brasil focada na saúde da mulher na menopausa, revela uma trajetória profissional diversificada. Tudo começou quando se formou em economia, com pós-graduação em auditoria e MBA em negócios. Apesar de ter dedicado seus últimos 20 anos ao mundo corporativo, percorrendo áreas como produto, desenvolvimento de negócios e comercial, nos últimos anos, complementou sua carreira com estudos em Psicanálise, realizando uma transição gradual para a clínica psicanalítica, onde atuou por quase seis anos, atendendo predominantemente mulheres (cerca de 90%).

Mulheres na menopausa

Ouvindo as demandas dessas mulheres na menopausa em sua clínica, Márcia sentiu a necessidade de ir além do atendimento presencial. Com isso, buscou soluções que impactassem de modo amplo, mais vidas. Foi assim que em 2021, iniciou a concepção da Plenapausa, uma startup com foco em saúde, cuidado e tratamento para mulheres a partir dos 40 anos de idade. Seu primeiro serviço ofertado, o teste da menopausa, avalia em qual fase a mulher se encontra e o nível de seus sintomas. Identificando as principais barreiras à qualidade de vida e bem-estar das mulheres, Márcia e sua sócia desenvolveram três produtos para amenizar os sintomas mais prevalentes – dos mais de 30 existentes: fogachos, insônia, ansiedade, falta de libido, indisposição, instabilidade de humor, além de dores, suores e inchaços no corpo.

Entrevistando mulheres

A próxima etapa foi Márcia entrevistar mais de 100 mulheres, e ao perceber as dificuldades enfrentadas por sua mãe décadas antes e que persistiam atualmente, evidenciam a desinformação que impacta a compreensão e as soluções para os sintomas da menopausa, uma fase natural da mulher. Porém, frequentemente tratada como tabu.

Desmistificando a menopausa

Sempre inserida no universo feminino, Márcia percebeu a oportunidade de desmistificar a menopausa por meio do empreendedorismo, oferecendo apoio para que as mulheres se sintam mais seguras. Essa perspectiva destaca a importância da presença de mulheres em posições de liderança. Segundo um estudo do Talenses Group com o Insper, no Brasil as mulheres representam 17% dos CEOs. Isso corresponde a um aumento de apenas 5% entre 2019 e 2022, mas que tende a melhorar este ano, explica o pesquisador do Insper, Fernando Ribeiro Neto.

Segundo o SEBRAE, empresas lideradas por mulheres ainda tendem a apresentar melhores resultados financeiros e uma abordagem mais consciente em relação à responsabilidade social.

Agora, Márcia planeja ampliar as operações da startup, acompanhando as projeções para o mercado, neste ano. Com metas voltadas à promoção da qualidade de vida e lançamento de novos produtos, a empresa manterá seu compromisso com a informação e bem-estar feminino.

Projeções para o mercado de femtechs em 2024

Contudo, ainda que os investimentos globais em healthtechs tenham diminuído em 46,25% no último ano, totalizando US$ 8,6 bilhões, as femtechs experimentaram um aumento proporcional, conforme revelado por um levantamento do Pitch Book. Projeções indicam que os investidores de risco planejam alocar até US$ 3 bilhões para as femtechs até 2030.

Portanto, femtechs como a Plenapausa, que se concentram em produtos e serviços destinados às mulheres na menopausa, representam um segmento promissor, tanto no Brasil quanto mundialmente. Em 2021, esse mercado global foi avaliado em US$ 15,4 bilhões (R$ 81,3 bilhões) e espera-se que cresça a uma taxa anual de 5,29% até 2030, conforme relatório da consultoria Grand View Research.

As projeções da consultoria Femhealth Insights apontam ainda que, no início da próxima década, o mercado de produtos e serviços para a menopausa atingirá uma receita de US$ 24,4 bilhões. Esse crescimento visa atender às necessidades de mais de 1 bilhão de mulheres que estarão enfrentando a menopausa até 2030.

*Foto: Reprodução/br.freepik.com/fotos-gratis/retrato-de-mulher-sorridente-senior-relaxando-em-casa_17808932

Outras postagens

Postagens relacionadas

Últimas postagens

Estrelas interrompem formação de planetas, segundo flagra de James Webb

Estrelas brilhantes parecem prejudicar a nebulosa de Órion Novas observações do telescópio James Webb sugerem que algumas estrelas brilhantes parecem prejudicar a formação de planetas...

Vinícola urbana em Pinheiros: Saiba como funciona

Vinícola urbana em Pinheiros funciona também como hub para reunir pessoas e democratizar o consumo do vinho Na esteira do processo de verticalização da cidade,...

Pix no cartão de crédito: Como funciona modalidade recente?

Pix no cartão de crédito é prático; mas tem riscos; possibilidade de pagamento pode levar o consumidor à inadimplência; entenda como Com a crescente popularidade,...