Fundo de venture capital da Natura conta com R$ 50 milhões

Fundo de venture capital da Natura conta com R$ 50 milhões

Fundo de venture capital da Natura é gerido pela Vox, e deve realizar 15 aportes, além de foco em soluções regenerativas para bioeconomia investir na carreira das consultoras de belezas

Recentemente, a Natura anunciou o lançamento de seu primeiro fundo de venture capital corporativo (CVC), que inicia a empreitada com um capital comprometido de R$ 50 milhões nos primeiros três anos.

Fundo de venture capital da Natura

O fundo de venture capital da Natura, denominada Natura Ventures, pretende impulsionar startups com soluções relacionadas ao negócio da empresa de beleza e cosméticos e a toda sua cadeia de valor. A gestora será a Vox Capital, especializada em investimentos de impacto.

Já o portfólio do fundo contará com até 15 startups, com aportes de R$ 2 milhões a R$ 10 milhões na rodada seed. Além disso, os recursos devem ficar mais no Brasil. Entretanto, a empresa não descarta a possibilidade de investimentos na América Latina e nos Estados Unidos.

Além da Vox Capital, outros fundos têm investido em startups de diferentes segmentos. É o caso da Angra Partners, do gestor Alberto Guth, que tem interesse em nichos de loT, telecomunicações, agtechs, healthtechs e cleantechs.

4 Frentes de investimento

  • Soluções regenerativas que colaborem para a bioeconomia, sobretudo na Amazônia, e para o desenvolvimento de tecnologias de bioativos e bioinsumos;
  • Iniciativas que fortaleçam o relacionamento entre a Natura e o cliente final;
  • Negócios inovadores que estimulem o trabalho das consultoras de beleza, pensando no futuro e em novas fontes de renda; e
  • Tecnologias emergentes que transformem a cadeia de valor da companhia.

Nota da empresa

Em nota, a Natura disse que trabalha com inovação aberta há mais de duas décadas e acreditam na potência estratégica dessas parcerias em várias frentes deste negócio. Sendo assim, este fundo significa o compromisso da empresa em apoiar a próxima geração de empreendedores inovadores. E ainda pretende fornecer o suporte estratégico para transformar ideias disruptivas em realidades de mercado.

Contudo, as startups que receberem o investimento serão integradas no time de inovação aberta da Natura e poderão aproveitar o relacionamento com a empresa para testar suas soluções.

Por fim, segundo a sócia-diretora da Vox Capital, a colaboração com a Natura possibilitará o desenvolvimento de soluções inovadoras que devem gerar valor pautado no ESG, ou seja, nos campos: ambiental, social e econômico.

*Foto: Reprodução/https://www.instagram.com/p/C6PkRYIr0-V/?img_index=2

Outras postagens

Postagens relacionadas

Últimas postagens

Pesquisa revela novos caminhos para combater o câncer

Estudo publicado pela Universidade de Paris fortalece a importância da indução de proteínas de choque térmico na luta contra a doença Levantamento realizado pelo Instituto...

Feira ES Construção Brasil: Casa do futuro pronta em 12 dias

Feira ES Construção Brasil traz novidades do setor; evento termina hoje, no Pavilhão de Carapina, na Serra; entrada é gratuita Termina hoje (19), a primeira...

Primeiros humanos surgiram na África: Entenda como

Pesquisas recentes atestaram que primeiros humanos deixaram continente africano antes do esperado Como já se sabe através de muitos estudos, os primeiros seres humanos surgiram...