Vitamina D rejuvenesce a pele: Entenda se é possível

Vitamina D rejuvenesce a pele: Entenda se é possível

Vitamina D rejuvenesce a pele, esta é uma pergunta que tem vindo muito à tona em se tratando do universo da beleza; mas o que a ciência diz sobre isso? Confira neste artigo!

A vitamina D tem sido pauta do universo da beleza, uma vez que muitas pessoas têm procurado pela vitamina por seus benefícios à saúde. Entretanto, em relação ao processo de envelhecimento, um artigo da revista Nutrients faz um alerta: ainda faltam evidências da ciência de que a vitamina D possa retardá-lo, muito menos que pode revertê-lo.

Vitamina D rejuvenesce a pele?

Afinal de contas, a vitamina D rejuvenesce a pele ou não? De acordo com a equipe envolvida no estudo, as características do envelhecimento resultam em uma longa lista de modificações celulares. Isso inclui genes instáveis e até mesmo inflamação crônica. Portanto, trata-se de processos complexos e com alta conexão. Ou seja, não é tão simples assim detectar um declínio geral na força física.

Ao compararem os estudos, os cientistas examinaram os efeitos potenciais da vitamina D nas características biológicas do envelhecimento. Com isso, eles descobriram que tais evidências são escassas em humanos. Isso porque, elas são baseadas em estudos pré-clínicos, realizados com o uso de animais.

Envelhecimento epigenético

Contudo, é preciso destacar que alguns desses estudos sugerem que a vitamina D pode retardar o envelhecimento epigenético, que ocorre quando as pessoas com baixos níveis da vitamina no organismo são biologicamente mais velhas do que aquelas com níveis apropriados.

Suplementação

Por outro lado, a suplementação de vitamina D pode ajudar a reduzir os danos no DNA. Mas, ao mesmo tempo, não surte efeito no comprimento dos telômeros (relacionado ao envelhecimento).

Todavia, se as evidências entre a vitamina e o processo de envelhecimento são poucas, menor ainda é em relação a qual idade a suplementação pode surtir efeito.

Altas doses de vitamina D

Vale destacar também que o estudo deixa claro que pode não ser uma boa ideia tomar altas doses de vitamina D. Inclusive, a alta dosagem pode ser prejudicial.

Envelhecimento cerebral

Por fim, estudos já revelaram que a falta de vitamina D acelera o envelhecimento cerebral.  Mesmo assim, vale lembrar que o suplemento possui diversos benefícios, entre elas, a melhora da função cerebral e fortalecimento da memória.

*Foto: Reprodução/https://br.freepik.com/fotos-gratis/retrato-em-close-up-da-beleza-de-uma-mulher-de-topless-com-pele-perfeita-e-maquiagem-natural-segurando-um-suplemento-de-vitamina-omega-3-oleo-de-peixe-em-um-fundo-turquesa_21776600.htm#fromView=search&page=1&position=7&uuid=e1d85073-dd5e-4bd2-877b-5ed9137b5843

Outras postagens

Postagens relacionadas

Últimas postagens

Murillo Vianna retorna à gestora Angra Partners

O executivo, que já operou em casos de reestruturação, chega para fortalecer a área de venture capital da empresa No último mês, segundo informações apuradas...

Vinícola urbana de Florença se destaca por sua liderança feminina

Vinícola urbana de Florença é a primeira neste segmento na região; conheça mais sobre o empreendimento da cidade italiana Uma das cidades mais importantes da...

Renato Conill comenta as principais categorias do automobilismo

O ex-piloto gaúcho comenta as divisões do esporte e sua variedade de experiências para pilotos e fãs Segundo o estatuto da Confederação Brasileira de Automobilismo...