Educação ambiental em São José: Centro de Tecnologia recebe investimento

Educação ambiental em São José

Educação ambiental em São José possui capacidade para atender, simultaneamente, quatro turmas com 25 alunos da rede municipal de ensino nos diversos ambientes que compõe a escola

Na semana passada, o município de São José completou 273 anos. E para celebrar a data foi entregue à população um moderno Centro de Inovação e Tecnologia Educacional destinado a atender alunos e professores da rede municipal. O local dispõe de salas multidisciplinares com equipamentos modernos, como óculos de realidade virtual, kits para robótica, impressora 3D e cortadora a laser. Obviamente, não se pode comparar com a primeira escolinha multisseriada que foi instalada pouco depois que os imigrantes portugueses chegaram a São José da Terra Firme, vindos do Arquipélago dos Açores na década de 1750.

Educação ambiental em São José

O Centro de Inovação e Tecnologia Educacional, segundo a diretora Luciana Schmitz, tem capacidade de promover educação ambiental em São José para atender, simultaneamente, quatro turmas com 25 alunos da rede municipal de ensino nos diversos ambientes que compõe a escola. E já abriu a agenda para a reserva de datas para as escolas e para grupos de professores.

Além disso, um grande projeto que deve ser lançado até o final deste ano é um complexo educacional que está sendo projetado para atender mais de 4.000 alunos da educação infantil e fundamental em tempo integral e que será construído em uma área verde no bairro Areias. O espaço vai  dispor de anfiteatro, horto florestal, espaços de inovação tecnológica, criação e de convivência, quadras poliesportivas e uma pista de atletismo. Tudo funcionará com energia solar. A ideia é que o local, de 77 m², consiga reunir tecnologia, sustentabilidade e inserção das crianças no meio ambiente. A comunidade do entorno também poderá usufruir da estrutura.

Contudo, também há a preocupação em capacitar os professores para garantir a passagem dos antigos métodos pedagógicos e entrar no mundo digital. Sendo assim, a Secretaria Municipal de Educação implantará em abril um programa de capacitação permanente, o “Educarweb”, para o uso de sistemas educacionais, que será iniciado com capacitação presencial para diretores, professores e secretários de escolas.

De acordo com a secretária Municipal de Educação de São José, Maria Helena Krüger:

“Com o uso da tecnologia, o ensino público vai virar a chave daquele tempo da ‘pedagogia da nuca’, em que os alunos ficavam atrás um do outro e o professor falava, e fazer a mudança, a transposição, que é ter o professor como mentor, e assim possa gerar conhecimento e inovação junto com os alunos, que passam a ser protagonistas de sua própria aprendizagem.”

O meio ambiente na terra e no mar

Já a Escola do Meio Ambiente está instalada no interior do Parque dos Sabiás, uma área verde de 35 hectares no bairro Forquilhas com vegetação típica da mata atlântica. A instituição recebe turmas de alunos da rede municipal que participam de palestras sobre educação ambiental, questões como as mudanças climáticas e a conservação dos biomas.

Após a apresentação, os alunos percorrem uma trilha interpretativa, onde são vistas nascentes de cursos d’água de afluentes do rio Forquilhas que corre ali perto.

Resíduos sólidos

Por fim, os alunos, depois da trilha, recebem orientações sobre a destinação dos resíduos sólidos. As embalagens plásticas ou laminadas onde estão acondicionados os lanches levados pelas crianças são usadas como exemplo de como esses itens podem ser nocivos ao meio ambiente em caso de serem descartados de forma incorreta. A visita é encerrada com uma oficina de plantio no próprio parque onde os aprendizes colocam a mão na terra.

*Foto: Reprodução/Unsplash (Pedro Kümmel)

Outras postagens

Postagens relacionadas

Últimas postagens

Murillo Vianna retorna à gestora Angra Partners

O executivo, que já operou em casos de reestruturação, chega para fortalecer a área de venture capital da empresa No último mês, segundo informações apuradas...

Vinícola urbana de Florença se destaca por sua liderança feminina

Vinícola urbana de Florença é a primeira neste segmento na região; conheça mais sobre o empreendimento da cidade italiana Uma das cidades mais importantes da...

Renato Conill comenta as principais categorias do automobilismo

O ex-piloto gaúcho comenta as divisões do esporte e sua variedade de experiências para pilotos e fãs Segundo o estatuto da Confederação Brasileira de Automobilismo...