Desmonetização em canais de games: confira novas regras do YouTube

Desmonetização em canais de games

Desmonetização em canais de games ou limitação foi iniciada após a plataforma adicionar novas diretrizes associadas a conteúdo violento

O Youtube acaba de iniciar mais uma onda de desmonetização em canais de games. Mas, em alguns casos pode haver apenas limitação de renda. A plataforma adicionou novas diretrizes associadas a conteúdo violento de jogos eletrônicos.

Desmonetização em canais de games

As alterações, em relação à desmonetização em canais de games, estão relacionadas à exibição de cadáveres ou imagens gráficas demais. Isso tudo atingiu principalmente os criadores que trabalharam com um dos lançamentos recentes da indústria: The Callisto Protocol.

Neste caso, um dos destaques do game lançado em dezembro, dos mesmos criadores de Dead Space, são as diferentes formas que o protagonista pode ser morto pelas criaturas espaciais. As cenas bem violentas envolvem desmembramentos, membros quebrados e decapitações, além de corpos espalhados por todo o cenário da prisão futurista, tomada por criaturas assassinas.

Sendo assim, agora deve ocorrer a desmonetização de vídeos. Porém, sem impactos na saúde dos canais em si.

Além disso, as alterações são retroativas, o que significa que games e conteúdos mais antigos também podem receber o mesmo tratamento. É o caso de títulos de franquias como Resident Evil e Dead Space, ambas com títulos a serem lançados nas próximas semanas, e que podem ser exemplos para aplicação das medidas.

Regras já estão em vigor

As novas regras entraram em vigor no dia 30 de novembro e limitam a monetização em vídeos que mostrem cadáveres sem contexto educacional, bem como atos violentos contra seres humanos voltados a chocar a audiência. Há ainda uma norma que indica que tais elementos não devem aparecer nos primeiros oito segundos de vídeo. E após esse período, os vídeos podem seguir recebendo valores de publicidade.

Contudo, canais focados em jogos como Grand Theft Auto também podem ser atingidos por outras normas adicionais, que podem cortar a monetização de games envolvendo o uso de drogas, tráfico ou negociações associadas a elas. Palavrões receberam normas mais brandas, sendo permitidos após os primeiros oito segundos de vídeo e sem distinção de gravidade. No entanto, atos perigosos envolvendo menores de idade também podem receber sanções.

Anunciantes

Por outro lado, as novas diretrizes fazem parte de um esforço do YouTube ligado a seus anunciantes. No caso, estes não gostam de ver suas propagandas sendo exibidas antes ou durante conteúdos considerados indesejados. Ao mesmo tempo, a plataforma também diz buscar atualizar as políticas de modo frequente e claro, para que os criadores de conteúdo possam adaptar seus materiais de forma a não terem produções desmonetizadas.

*Foto: Reprodução

Outras postagens

Postagens relacionadas

Últimas postagens

Vitamina D rejuvenesce a pele: Entenda se é possível

Vitamina D rejuvenesce a pele, esta é uma pergunta que tem vindo muito à tona em se tratando do universo da beleza; mas o...

Amostras de Marte: NASA reduz gastos com missão

Na segunda-feira (15), a NASA informou como serão os próximos passos da campanha Mars Sample Return, iniciada em 2021. Agora, a campanha vai passar...

Conheça cultivar de uva própria para vinhos espumantes na Serra Gaúcha

Cultivar de uva própria resulta em uma boa produção A produção de vinhos é uma das atividades mais tradicionais na Região Sul do país. Entretanto,...