Defesa ambiental: Tecnologia é aliança estratégica contra incêndios

Defesa ambiental: Tecnologia é aliança estratégica contra incêndios

Defesa ambiental conta com imagens via satélite no auxílio contra incêndios florestais e provar a inocência dos proprietários rurais

Os incêndios florestais têm sido uma ameaça constante ao meio ambiente, provocando danos irreparáveis à fauna, flora e comunidades rurais. No entanto, quando o fogo atinge uma propriedade sem que o proprietário tenha dado causa? Como provar a inocência e, ao mesmo tempo, contar com mecanismos eficazes de defesa ambiental?

Tecnologia na defesa ambiental

A defesa ambiental é perfeitamente possívelno sentido de se defender quando o fogo adentra uma propriedade, mesmo que não tenha sido causado por seus responsáveis. Com o avanço da tecnologia, principalmente na área de sensoriamento remoto através de imagens via satélite, gera aos proprietários rurais recursos para demonstrar sua inocência e entender a origem do incêndio.

De acordo com o ecólogo Salatiel Araújo,“a tecnologia está ao nosso lado, com imagens de altíssima resolução temporal que nos permitem acompanhar o avanço do incêndio em questão de minutos, não mais dias”.

Imagens em tempo real para prova

Antigamente, a coleta de provas para defender-se em casos de incêndios florestais era um desafio. Hoje, a tecnologia oferece uma ferramenta poderosa: imagens de satélite com resolução temporal de 10 em 10 minutos. Segundo a Dra. Alessandra Panizi, “essas imagens podem ser usadas para criar sequências em formato de filmes, que servem como prova perante autoridades, como promotorias e secretarias de Meio Ambiente”.

Sendo assim, proprietários rurais têm a oportunidade de apresentar, de maneira nítida e em cores vivas, a progressão do incêndio e os esforços realizados para contê-lo.

Código Florestal

Contudo, conforme o Código Florestal, desde 2012, a penalização por incêndios deve recair apenas sobre quem deu causa a eles. Provar o nexo de causalidade tornava-se uma dificuldade. Porém, com as imagens de satélite, a tecnologia se torna uma aliada poderosa, diz Alessandra.

“Essas imagens permitem que se localize a origem do fogo, identificando se ele surgiu dentro da propriedade ou se veio de uma área externa.”

Dessa forma, é possível comprovar a inocência e direcionar a responsabilidade para o verdadeiro causador.

Fogo premeditado x fogo natural

A análise da tecnologia não se limita à prova de inocência, ao contrário, ela vai além. As imagens de satélite também podem ajudar a distinguir se o incêndio foi premeditado ou de causa natural. Salatiel indica ainda que “é possível correlacionar as imagens com registros de raios e chuvas na região afetada, identificando se o fogo teve origem em um evento natural ou em ações humanas intencionais”.

Tal análise, além de embasar defesas, é essencial para traçar estratégias de combate e prevenção.

Tecnologia como aliada

Por fim, a tecnologia, responsável por imputar pontos de fogo, pode também ser usada a favor daqueles que precisam comprovar sua inocência, ressalta ecólogo Salatiel.

“Estamos diante de uma tecnologia que, se bem aplicada, pode ser uma aliada poderosa na defesa ambiental e na busca por uma justiça efetiva.”

*Foto: Reprodução/https://br.freepik.com/fotos-gratis/alto-angulo-de-fogo-extinguir-e-fumar_5635077

Outras postagens

Postagens relacionadas

Últimas postagens

Murillo Vianna retorna à gestora Angra Partners

O executivo, que já operou em casos de reestruturação, chega para fortalecer a área de venture capital da empresa No último mês, segundo informações apuradas...

Renato Conill comenta as principais categorias do automobilismo

O ex-piloto gaúcho comenta as divisões do esporte e sua variedade de experiências para pilotos e fãs Segundo o estatuto da Confederação Brasileira de Automobilismo...

Casa inteligente: como ter uma a partir de 5 produtos

Casa inteligente pode contar com itens como Alexa, lâmpada inteligente, e muito mais; confira a lista completa Atualmente, a tecnologia torna-se cada vez mais presente...